Modelista: Saiba tudo sobre a carreira, salário e área de atuação

Se o estilista é aquele quem cria, podemos dizer que o modelista é aquele que dá vida as criações do estilista. Em suma, o trabalho de um modelista é passar para o papel as ideias e conceitos que o estilista desenvolver. Ele pode ser considerado, então, um tradutor técnico.

É um profissional do seguimento da Moda e da Indústria Têxtil. Desenvolve projetos, executa as modelagens e desenvolve estampas levando em consideração o caimento de cada tecido, bem como sua vestibilidade.

Ou seja, este profissional elabora os moldes, busca o tecido ideal para cada modelo que servirá de peça-piloto para as próximas criações.

Estilista e Modelista: Qual é a diferença entre eles?

O estilista atua na área de criação de moda. Grosso modo ele desenvolve coleções, estampas e acessórios. O seu foco é a competitividade do mercado, por isso cria, desenha, desenvolve roupas, sapatos, bolsas, acessórios e muito mais. 

O foco do estilista é o seu público alvo e a possibilidade de comprar ou não. Este profissional busca o reconhecimento de seu público para valorizar o seu trabalho.

O trabalho de um estilista está sempre atento às tendências, inovações, ao comportamento humano e de mercado, prezando sempre pela tecnologia, originalidade, sustentabilidade e visibilidade do produto no mercado.

Agora, o Modelista, como ele traduz, ou seja, transforma em realidade as criações do estilista, ele precisa ter um domínio técnico, amplo repertório conceitual e histórico sobre moda.

Dessa forma, este profissional deve estar sempre atento as técnicas de modelagem bem como a execução delas, é responsável pela construção da roupa e pela matéria utilizada na produção.

Desenvolve os modelos, faz a gradação dos moldes e a adaptação aos tamanhos referentes na tabela de medida.

Diferente do estilista que trabalha em uma empresa, o modelista trabalha em ateliê, diretamente com a produção de roupas ou calçados, mas não se confunde com a função do costureiro.

Qual a diferença de costureira e modelista?

Embora o modelista de roupas saiba costurar e lhe é exigido que saiba, ele não se confunde com a pessoa do costureiro. Ele participa do processo de modelagem e o costureiro da fase de montagem.

O costureiro domina todas as técnicas de montagem, corte e costura para executar seu trabalho de forma impecável.

De uma forma objetiva, o costureiro é o responsável por seguir os moldes e as diretrizes de confecção das peças. Esses moldes são criados pelo modelista.

Mas se as funções são diferentes, por que é exigido do modelista que saiba costurar?

A resposta é simples: o domínio das técnicas de costura proporciona a adequação entre o design e o caimento da peça, além de que o domínio da técnica também garante a qualidade dos acabamentos.

O modelista que domina e participa ativamente de sua área conseguirá mais adiante gerenciar uma produção, orientará melhor a equipe a fim de melhorar o desenvolvimento dos produtos.

O processo pode seguir exatamente esta ordem: Criação (estilista), Modelagem (modelista) e montagem (costureiro).

Qual o salário de um Modelista?

Segundo uma consulta realizada no site Glassdoor, no ano de 2022, o salário de um modelista será sempre influenciado pelo tamanho da empresa em que atua e também pelo nível de experiência. Os valores podem sofrer uma variação entre R$2.456,00 a R$6.187,77.

O seguimento da moda é extremamente competitivo, isso faz com que o modelista que tenha maior calma, paciência e domínio da geometria se destaque na sua área de atuação.

Da mesma forma que se exige perfeição dos desenhos de um estilista, semelhantemente, do modelista é exigida perfeição e domínio técnico sobre suas modelagens.

Em um mercado em falta de excelentes profissionais e muita concorrência, sempre haverá espaço para aqueles que desejam iniciar sua carreira.

E é muito comum que se iniciem recebendo um salário menor referentes à uma jornada de oito horas diárias. Contudo, estes valores podem ser aumentados dependendo do grau de produtividade e domínio técnico, chegando até seis mil reais para profissionais em início de carreira.

O que é necessário para ser um bom Modelista?

Para ser um bom modelista e conseguir destaque na área, o profissional precisará de realizar um curso de modelista, ter domínio técnico, conhecimento vasto sobre tecidos, habilidades em geometria, matemática e proporção, criatividade para a exploração de novas ideias, habilidades com corte e costura etc.

O bom profissional também é aquele que se destaca por ir além do básico exigido para ele.

Um diferencial interessante para o modelista é ter um curso de modelagem para que ele se posicione no mercado de forma imediata.

Porém, outra grande vantagem é estar sempre atento ao mercado da moda, quais as novas tecnologias e referências do mercado; Leia livros sobre a sua área de atuação, isso te ajudará a abrir a mente para novas ideias, para a absorção de conhecimentos e experiências enriquecedoras.

E o mais importante de tudo: se desafie a novos projetos, trabalhos e aprenda a trabalhar nos ramos mais diversos que a sua profissão poderá oferecer. Não fique no básico!

CURIOSIDADES

Do modelista exige-se o mesmo grau de visão do estilista, ele precisa ser igualmente criativo e inovador.

Quando o trabalho a ser desenvolvido é em grande escala, sempre pede-se ajuda de profissionais do ramo tecnológico, isso facilita o trabalho já que as máquinas reconhecem padrões e formas.

Os estilistas também podem realizar o trabalho dos modelistas sempre que não há exigência de produção em massa.

Leia também

Compartilhe:

Facebook
Twitter
Pinterest
Telegram
WhatsApp

Confira Também

Deixe seu comentário

Rolar para cima