Costureira Profissional: Saiba mais sobre a Carreira de Corte e Costura

Para quem deseja trabalhar como costureira profissional, primeiramente é importante saber que o ofício tem como atividade principal a confecção de peças de roupas sob medida, onde será preciso definir o tecido, cortá-lo e realizar pequenos ajustes se necessário.

Além disso, essa especialista também corta e faz a montagem de pedaços de tecidos, criando, assim, modelos exclusivos. Quem segue na carreira de costureira terá de exercitar bem seu senso de medidas, bem como conhecer a fundo os principais tipos de tecidos, aderência e resistência deles.

Ademais, ter conhecimento sobre moda é um diferencial nesta área, bem como ser criativa na hora de escolher os materiais certos para haver harmonia geral na peça de roupa que será criada.

Costureira Profissional

A costureira profissional é quem irá trabalhar em confecções, bem como tem a opção de montar seu próprio ateliê e criar peças de roupas originais.

É uma carreira promissora, uma vez que o setor têxtil brasileiro vem crescendo exponencialmente.
Dentro da categoria profissional de costura, é possível encontrar 5 tipos de costureiras:

Costureira industrial

É a especialista que atuará montando peças na linha de produção. Ela é encarregada principalmente de montar uma determinada peça até que todo o modelo de roupa esteja completamente finalizado.

Numa mesma fábrica, haverá diversas costureiras profissionais e estas ficarão encarregadas, cada uma, de partes específicas da roupa a ser montada.

Costureira faccionista

Esta categoria geralmente atua em oficinas de costura de maneira autônoma. Normalmente, recebe as peças de roupa em fardos, juntamente com o modelo principal, conhecido como peça piloto.

Dessa forma, a costureira faccionista copiará a sequência de montagem da peça. É ideal que quem queira trabalhar nesta categoria seja alguém detalhista, perfeccionista e criteriosa.

Costureira artesã

A artesã da costura trabalha em máquinas de costura para criar peças de roupas artesanais. Geralmente, são profissionais muito criativas e que possuem grande bom gosto para moda.

Por conta destas qualidades, elas conseguem reaproveitar restos de tecidos para criarem novas e inusitadas peças.

Inclusive, se você tem vontade de aprender mais sobre corte e costura criativa, existe curso gratuito online disponível para fazer.

Costureira sob medida

Esta profissional pode ser encontrada em diversos ateliês de costura.

As costureiras sob medida conseguem reproduzir peças de roupas apenas olhando os modelos em fotos ou mesmo desenhos estilísticos.

Elas também estão capacitadas para realizarem grandes e pequenos ajustes em roupas já prontas, e podem, igualmente, criar modelos exclusivos para suas clientes.

Costureira Pilotista

Por fim, as costureiras pilotistas são as responsáveis por montar a peça piloto.

Elas criam protótipos de roupas que serão confeccionadas pelas categorias faccionista e industrial. Além disso, são profissionais que sabem tudo sobre modelagem de roupas e trabalham com todos os tipos de máquinas de costura, conhecendo as mais variadas técnicas do ofício.

Costureira autônoma

A costureira autônoma trabalha operando variados tipos de máquinas de costura. Ela transforma qualquer tipo de tecido em lindas peças de roupas, a gosto da clientela.

Além disso, elas criam amostras de costuras utilizando, para isso, equipamentos específicos. Ademais, estas profissionais também projetam e modelam roupas exclusivas, por encomenda, bem como realizam pequenos ajustes e consertos de peças já prontas.

Atualmente, a maior fonte de renda de quem exerce a profissão de corte e costura de forma autônoma, é na confecção de uniformes escolares e de empresas particulares.

Quem acredita que a costureira autônoma só tem campo de atuação em cidades interioranas, está muito enganado. Hoje, mais do que nunca, há uma alta demanda por este tipo de profissional em grandes centros urbanos – tanto para clientes particulares, quanto oferecendo seus serviços em desfiles de moda.

Cadeira para costureira – principal item para quem deseja iniciar na profissão

E para ter um melhor desempenho na realização das atividades deste ofício, é importante que a costureira tenha uma cadeira específica para realizar suas costuras ao longo do dia.

Aliás, uma cadeira ruim pode causar diversos problemas de postura, dores no corpo, nas costas e, por fim, menor rendimento no trabalho.

Portanto, além de escolher uma boa máquina de costura, não menospreze a importância de escolher bem sua cadeira para costura e torne os dias de trabalho mais leves, produtivos e – por que não? – animados!

E ao passo que o mercado nesta área de corte e costura esteja em evidência, é comum que a concorrência também seja alta.

Portanto, é essencial que quem deseje ingressar neste ramo e ser uma costureira profissional, esteja devidamente capacitado e antenado nas tendências atuais de moda. Isto sem dúvida, será um diferencial.

Por fim, quanto mais capacitada a profissional for, tanto mais requisitada será. Assim, a remuneração tenderá a ser diretamente proporcional à qualidade do trabalho realizado.

Leia também

Compartilhe:

Facebook
Twitter
Pinterest
Telegram
WhatsApp

Confira Também

Deixe seu comentário

Rolar para cima